Carregando

Setor privado tem recorrido à selo de sustentabilidade para competir por recursos de fundos internacionais

Img
Img

O programa Sistema B (certificação que conta com mais de de 200 métricas com foco total em sustentabilidade), já conta com mais de dez companhias de capital aberto do Brasil “na fila” para obter essa certificação. Para ser mais exato, 5.800 empresas já iniciaram processos de medição.

Essa certificação é constituída de um conjunto de métricas que posicionam empresas em uma escala de 0 à 200 (sendo 80 o mínimo necessário). Presente em mais de 70 países, o Sistema B é aplicado em cerca de 150 setores econômicos.

A empresa que deseja obter a certificação é avaliada em cinco áreas:

– governança;
– modelo de negócio;
impacto ambiental;
– impacto comunitário;
– relação com empregados.

Segundo Marcel Fukayama, presidente da certificadora no país em entrevista à Folha: “O Brasil tem o maior fluxo de empresas nesse processo no mundo. São 5.800 que iniciaram o processo de medição, o que coloca o Brasil no protagonismo de uma economia mais inclusiva e sustentável”.

Natura e Movida possuem a certificação, Gerdau e Magazine Luiza já manifestaram interesse. Ao todo, 162 marcas têm o selo no Brasil.

Também são avaliadas pela certificadora questões como: equidade de gênero, múltiplo salarial (diferença de rendimento entre o presidente e o funcionário que recebe menos), política energética e escolha de fornecedores.

A Movida adotou compromisso de compensação de 100% da emissão de carbono até 2030, e Renato Franklin compartilhou dois insights importantes para quem ainda não está tratando o tema sustentabilidade como um pilar de aumento de lucratividade:

“Cada vez mais os investidores cobram isso das empresas de capital aberto”.
“Grandes fundos têm agenda de sustentabilidade.”

No site da certificadora é possível visualizar todas as empresas brasileiras certificadas assim como é permitido o acesso ao relatório de auditoria e mais informações sobre o processo.

A demanda não apenas por sustentabilidade mas também por certificação e garantia de uma operação menos danosa ao meio ambiente têm deixado de ser uma exigência de mercado e se tornado uma obrigação por fundos de recursos.

Sua empresa já está preparada para se beneficiar dessa nova tendência mundial? Sua empresa já considerou obter essa certificação?

Para entender cada vez mais sobre a neutralização e mercado de crédito de carbono e seus impactos na cadeia de abastecimento de diferentes modais, semanalmente elaboramos diversos artigos, e os mesmos são divulgados em nosso blog.

Se tudo o que foi abordado até aqui fez total sentido do ponto de vista dos desafios atuais da sua empresa, nossa sugestão à você é que agende agora mesmo um bate papo com um de nossos especialistas , para que possamos apresentar o Neutralize iTrack, nosso programa de avaliação, mensuração e compensação de emissões de C02 das entregas e/ou coletas em diferentes modais e com certificação internacional!

1-) Contato direto através do iTrack WhatsApp 📲: (11) 99769-0736;
2-) Preenchendo o nosso formulário para um posterior contato: Neutralize iTrack

Estamos à sua disposição!

Com informações da Folha: https://www1-folha-uol-com-br.cdn.ampproject.org/c/s/www1.folha.uol.com.br/amp/mercado/2020/01/empresas-brasileiras-lideram-busca-por-selo-global-de-sustentabilidade.shtml