Carregando

Roteirizador: o grande aliado da logística!

Img
Img

INTRODUÇÃO

Os clientes no mundo digital possuem uma expectativa elevada em relação à entrega de produtos. Confiabilidade, velocidade e transparência são alguns dos elementos essenciais para atender a demanda de consumo com sucesso. As novas tecnologias potencializam a capacidade de analisar dados, automatizar e conectar coisas propiciando oportunidades fantásticas ao longo da cadeia de valor e melhorando a experiência de clientes e consumidores. No contexto da cadeia de abastecimento e particularmente da logística, as organizações têm investido fortemente para alcançar um diferencial estratégico. Tal iniciativa permite um melhor desempenho das operações e ao mesmo tempo oferece aos clientes e consumidores um serviço e uma experiência adequados aos seus desejos. No passado, contudo, devido ao custo e dificuldades de implementação estas aplicações ficavam distantes dos anseios de algumas empresas. A digitalização tornou este acesso mais democrático, tanto na velocidade de instalação como nos custos, através da criação de modelos diferenciados, como por exemplo a computação em nuvem. A oferta de produtos tecnológicos que suportam a cadeia de abastecimento (“supply chain”) ficaram mais acessíveis e, portanto, uma grande quantidade de empresas independentemente de tamanho, pode ter condições de utilização, tornando as relações com seus clientes ainda mais próximas. E uma destas aplicações corresponde à otimização de rotas para os veículos trazendo importantes benefícios. 

O MUNDO MARAVILHOSO DA ROTEIRIZAÇÃO

A atribuição de uma rota consiste na seleção de caminhos entre origens e destinos em uma malha de transporte. É um procedimento importante na previsão de transporte e distribuição das viagens, além de escolher o modal pertinente, principalmente quando há uma complexidade e múltiplas entregas. A roteirização estabelece qual entrega vai ser realizada primeiro e determina o sequenciamento da carga no veículo, exatamente para facilitar o manuseio dos produtos dentro do veículo. Muitas empresas realizam tais atividades manualmente. As ferramentas de planejamento de rotas são utilizadas para alcançar a vantagem competitiva, através da otimização de tempo e custo, principalmente em roteiros complexos.  Com a finalidade de apoiar a função de logística e distribuição, alguns elementos são essenciais para tornar a ferramenta útil, tais como: características de produtos e materiais, pessoas, tipos e tamanhos de veículos, modais de transporte, horários, regras e regulamentos, segurança e roteiros. Conceitos de Inteligência Artificial e aprendizado tecnológico (Machine Learning), podem ser aplicados para operar os algoritmos que calculam, avaliam, alteram e acomodam as rotas de transporte com base em informações capturadas e pré-estabelecidas. Já foi a época, ou pelo menos deveria ter ido, em que as empresas logísticas costumavam sofrer com infraestrutura, congestionamentos, indisponibilidade de pessoal, barreiras e maiores dispêndios com combustível. Minha primeira experiência com roteirização foi em 1992. Sim, já existia o software de roteirização. O objetivo era otimizar entrega de sorvetes. Embora funcionasse, a tecnologia era bastante restrita, além das limitações de mapas e dados de distâncias, tempo, trânsito, entre outros. Conseguia-se montar as rotas. Mas otimizá-las? Bem, isso era outra conversa. Hoje, o avanço tecnológico proporciona o planejamento com muito mais assertividade, levando em conta as rotas, os horários viáveis e disponibilidade de transporte, evitando congestionamentos e áreas proibitivas, visando atender as expectativas de prazo dos clientes. 

OTIMIZAÇÃO DAS ROTAS

No final, até para avaliar se vale a pena ou não investir em uma feramente desta natureza, é importante entender o significado da otimização de rotas no mundo logístico e os padrões, que devem ser obedecidos para alcançar seus benefícios. A otimização da rota apoia as organizações e suas funções de distribuição e logística, a selecionar o caminho ideal para realizar a entrega das mercadorias, objetivando o menor custo de transporte dentro dos níveis de serviço e da expectativa dos clientes e consumidores. A otimização da rota deve considerar os eventos em tempo real, como a disponibilidade de veículos e equipamentos, as condições de tempo e de tráfego, motoristas e pessoal para embarque e desembarque da mercadoria, para citar alguns. Os desafios da logística são imensos. A definição de níveis de serviço e o foco na experiência do cliente passam pela capacidade e habilidade de dar respostas operacionais às demandas que vem do mercado. A estratégia de atendimento deve trabalhar em consonância com a operação. Desta forma, quanto mais ágil e automatizado for o processo mais vantagens na tomada de decisão serão proporcionadas além da redução do tempo de reação quando ocorrências não previsíveis acontecem. 

DESAFIOS LOGÍSTICOS E VANTAGENS DA ROTEIRIZAÇÃO

Na economia moderna e digital, comprar produtos ficou muito fácil e muito ágil. A expectativa de clientes e consumidores é que o recebimento de suas compras seja efetuado na mesma proporção de facilidade e velocidade e a um preço extremamente atrativo. As expectativas mudaram. E quando se fala em velocidade e qualidade de entrega, a logística é impactada fortemente. Vejamos alguns desafios logísticos mais importantes. 

1. ALTA EXPECTATIVA DOS CLIENTES

O comércio eletrônico tem crescido exponecialmente e se reinventado de forma fantástica, impondo ao comércio físico uma necessidade enorme de reação para a sobrevivência. Alguns cliques são as ações necessárias pata que os compradores tenham os seus produtos às suas portas. E é assim que eles preferem. A otimização das rotas pode apoiar no planejamento, assertividade, agilidade e custo.

2. MULTIPLICIDADE DE LOCAIS DE ENTREGA

Os arranjos físicos para as entregas podem variar. As opções de recebimentos podem ser na residência, local de trabalho ou mesmo realizar coletas na loja ou empresa, ou qualquer outro lugar predefinido. O que importa é receber a mercadoria a um preço aceitável e justo. São alternativas e modelos presentes no mercado. Os sistemas de otimização apoiam estes métodos de entrega e os viabilizam dentro das expectativas de consumo.

3. GESTÃO DE ENTREGAS

Dentro do contexto de torre de controle, o roteirizador é um componente formidável para apoiar a gestão e retorno de informações relacionadas às entregas em tempo real, garantindo que a mercadoria seja entregue dentro das normas e expectativas do cliente. São operações que garantem visibilidade do processo de transporte, e permite uma melhor experiência com o cliente tanto no aspecto de atendimento das expectativas ou mesmo no caso de falhas. Reconquistar um cliente por falhas e falta de comunicação pode ter um custo muito alto.

4. FALHAS NAS ENTREGAS

As falhas nas entregas podem acontecer em função de uma quantidade de razões, desde rotas mal traçadas, falta de condutores de veículos ou mesmo paradas inesperadas devido a grandes congestionamentos ou mesmo acidentes. Na maioria das vezes os clientes não estão muto afeitos a receber explicações por não entregas, atrasos ou problemas de produtividade. Isso é um problema seu. De sua empresa. A ferramenta de roteirização pode auxiliar neste sentido mostrando as rotas planejadas, possíveis ocorrências e oferecendo oportunidades para tomadas de decisões distintas daquelas previamente estabelecidas. Contingências. Sim, quais alternativas se pode ter em termos de uma readequação de rotas. 

5. CUSTOS

Se as expectativas dos clientes aumentam, claramente os custos para atender a estas demandas e necessidades também tendem a aumentar. Maior produtividade e eficácia no uso de pessoas e de recursos é condição essencial para competir.  A otimização dos recursos como veículos, gente, combustível, rotas, pedágios, entre outros são elementos tangíveis importantes para a redução dos gastos. 

CONCLUSÃO

O uso de ferramentas adequadas oferece significativa vantagem na gestão logística. A tecnologia evoluiu e trouxe consigo condições para que as empresas possam se organizar e embarcar na automação das rotas, oferecendo maior agilidade e assertividade aos clientes, além de permitir uma abordagem pragmática de gestão de custos. Mais do que vender e oferecer produtos de qualidade, a entrega de acordo com os padrões de demanda faz da logística uma área essencial. A logística não só move produtos. Mas movimenta-os dentro de características fundamentais para satisfazer a clientes e consumidores. A resposta eficiente e efetiva à demanda de mercado sempre foi uma preocupação das organizações modernas e focadas no cliente. Não tenho dúvidas de que o uso de ferramentas de roteirização pode levar sua empresa a um nível substancial de competitividade. Em um  mundo rotulado de VUCA (Volátil e repleto de mudanças, cheio de incertezas, complexo e ambíguo), achar que se pode otimizar as rotas manualmente, me leva a crer que sua operação é por demais simples ou seguramente sua competitividade não é adequada aos padrões de demanda e expectativas do mercado. Visão é característica essencial do bom empreendedor e do bom líder. Há milhões de combinações que devem ser levadas em conta e que seguramente o ser humano não consegue dar conta do recado. Os algoritmos são por demais complexos. A tecnologia apoia este desafio logístico!

Ao infinito e além. Se cuidem.

Caso tenha se identificado com o que abordamos durante esse artigo, ficamos à disposição para entendermos um pouco mais sobre a sua operação logística atual, e quem sabe em muito breve você e sua empresa também tornem-se um cliente da iTrack Brasil

1-) Contato direto via iTrack WhatsApp 📲: (11) 99769-0736
2-) Página exclusiva do iRoute: Roteirizador e Sequenciador de Rotas

Paulo Roberto Bertaglia é autor do livro: Logistica e Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento