Carregando

General Mills: a logística do pé de moleque ao Häagen-Dazs

Img
Img

iTrack Brasil firmou recentemente uma parceria com o Guia Corporativo e em mais um episódio estamos como patrocinador premium, e dessa vez o Rodilson Silva entrevistou a Paula Proença da General Mills (vasto currículo profissional, trabalhou também na Tetrapak, JBS, PepsiCo, entre outras), em um podcast em que tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a empresa, bem como a ligação com a cultura brasileira que ela tem criado desde que adquirir a Yoki e toda a sua linha de paçoca, pé de moleque e afins, até a linha premium de um dos sorvertes mais conhecidos no mundo Häagen-Dazs. Como salientado algumas vezes durante a entrevista “Alimentos que o mundo ama”, e que nesse momento, devido as readequações durante a pandemia, alimentos que o mundo precisa.

Esse podcast está disponível na íntegra no Spotify:

Para que todos entendam a capilaridade dessa empresa, ela está presente em mais de 100 países, e fiquei extremamente feliz ao ouvir que uma das missões é prover “Qualidade Total”, com foco na transformação da Logística.

É gratificante ver diversas ações de sustentabilidade, bem como um excelente material que fornece uma visão holística de como toda a cadeia de suprimentos é levada à sério:

É notável a complexidade do pilar sustentável da General Mills, e certamente conseguir mitigar, mensurar e compensar as emissões de gases do efeito estufa em cada etapa do transporte e em diferentes modais deva ser um grande desafio, assim como diversos clientes que tem nos procurado para saber um pouco mais sobre o nosso programa chamado Neutralize iTrack.

Falando um pouco sobre os KPIs internos, ficou entendido que existe uma forte preocupação com indicadores de retorno e devoluções, e certamente com um forte acompanhamento da Torre de Controle, bem como o que temos oferecido ao mercado logístico, o que chamamos de “zerar reentregas”, evitando assim segundas e terceiras tentativas, redução de mais de 47% e alto nível de satisfação do cliente final.

Ela abrodou um pouco sobre o modelo de distribuição atual, contando com uma operação híbrida, com operadores logísticos e operações próprias, dependedo da estratégia de GoToMarket de cada região desse nosso país com dimensões continentais

Preocupação da General Mills em que todos os seus funcionários sejam autênticos, ou seja: criando assim um ambiente de trabalho muito mais integrativo, aumentando diariamente o potencial de cada colaborador e certamente trazendo um impacto super positivo em todos os departamentos da empresa:

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre a General Mills bem como detalhes de sua operação logística, recomendamos também a Entrevista com Thiago Macedo, Gerente Sênior de Logística à Prime Leads, do nosso querido Luciano Rocha:

Excelente podcast, parabéns aos envolvidos e que venham os próximos! 🚀