Carregando

Frete neutro: a compensação de carbono na logística

Img
Img

O que é frete neutro?

Frete é o valor que se paga por um transporte de mercadorias e seu cálculo leva em consideração o cobrimento dos custos operacionais e obtenção de lucro. Será que é possível neutralizar as emissões de carbono emitidas pela queima de combustíveis durante o transporte de produtos? Leia mais na matéria abaixo e descubra!

Emissões de gases de efeito estuda no setor logístico

Frete, logística, entrega, transporte, supply chain são termos utilizados para se falar de um dos principais setores da nossa economia, que distribui produtos e conecta produtores, fabricantes, pessoas e todos os demais setores.

Apenas o setor de logística e transporte é responsável por aproximadamente 14,4 % das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) globais, conforme gráfico abaixo, e 30% das emissões de GEE do Estado de São Paulo1 .

IPCC – Climate Change 2014: Mitigation of Climate Change
IPCC – Climate Change 2014: Mitigation of Climate Change

Emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE) ou de CO2 é a principal unidade de medida utilizada para se mensurar o impacto ambiental ou efeito às Mudanças Climáticas de países, cidades, empresas ou pessoas.

Exemplificando o conceito:

1 kg de CO2 equivale a rodar aproximadamente 9 km com veículo comum a gasolina, ou consumir 28 kWh de energia elétrica no Brasil:

Business vector created by iconicbestiary - www.freepik.com

Ou uma viagem de avião RJ / SP emite aproximadamente 55 kg de CO2eq:

Background vector created by freepik - www.freepik.com

Dessa forma, a sua quantificação é exigida pelos principais índices, bolsas e ferramentas de sustentabilidade, como: Relatórios de Sustentabilidade (modelo GRI – Global Reporting Initiative), ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial, Dow Jones Sustainability Index, CDP – Carbon Disclosure Project, ESG – Environmental, Social & Governance (Ambiental, Social e Governança), Registro Público de EmissõesLicenças de Operação (CETESB), entre outros.

A grande representação do setor logístico nas emissões de CO2 no Brasil e no mundo, tem feito diversas empresas a assumirem compromissos e metas ambientais, bem como desenvolverem alternativas de modais e combustíveis mais eficientes.

Compromissos corporativos contra as Mudanças Climáticas

Empresas nacionais e internacionais já publicaram seus compromissos de redução e compensação de emissões, como: Amazon, Best Buy, Apple, Nespresso, VIVO, Unilever, Activas Logística, Schneider Electric, Siemens, Jornal The Guardian, etc. Não somente empresas, mas também países inteiros estão se comprometendo a ser neutros em carbono (Veja o exemplo do Japão).

“De furacões a incêndios florestais, as mudanças climáticas estão causando impactos negativos muito reais em nossas vidas diárias, ainda mais cedo do que os cientistas esperavam. Cada empresa tem um papel a desempenhar no combate às mudanças climáticas”, declarou Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon2.

Jeff Bezos, CEO da Amazon, assume o compromisso de ser neutra em CO2 até 2040
Jeff Bezos, CEO da Amazon, assume o compromisso de ser neutra em CO2 até 2040

Antes da realização da compensação de carbono ou neutralização de carbono, é essencial as empresas calcularem e avaliarem formas de  reduzir e mitigar suas emissões de GEE, com a ferramenta do inventário de emissões, por exemplo.

Para o recorte logístico, empresas tem buscado o desenvolvimento e uso de combustíveis renováveis, uso de modais mais eficientes e o uso de algorítimos e sistemas cada vez mais robustos, capazes de realizar diversas combinações para se definir a entrega mais eficiente em tempo, custo e emissões de CO2.

Nos EUA, empresas como a UPS consegue avaliar inclusive as conversões mais eficientes para os veículos ficarem menos tempo nos semáforos, e no Brasil, empresas como a iTrack Brasil consegue integrar diversas plataformas para planejar e acompanhar a melhor roteirização, reportando e resolvendo incidentes em praticamente tempo real.

O Frete Neutro

Adicional ao compromisso de se desenvolver produtos e operações que impactem menos o meio ambiente, empresas tem buscado compensar as emissões de CO2 de algumas atividades, como a distribuição ou entrega de seus produtos, normalmente chamado de Frete Neutro, Frete CO2 Neutro ou Frete Neutralizado.

O Selo Frete CO2 Neutro é concebido a empresas com compromissos ambientais e a ação de quantificação e compensação das emissões de gases de efeito estufa proveniente da sua logística através do programa de avaliação, mensuração e compensação de emissões de C02 das entregas e/ou coletas dos clientes de diferentes modais chamado Neutralize iTrack:

Quer entender melhor como funciona o processo de emissão e neutralização de CO2? 👇

Sendo assim, recomendo fortemente a compensação de carbono ou Selo CO2 Neutro, essa ação pode ser um diferencial de inovação no mercado, porém as empresas devem avaliar suas emissões e formas de reduzi-las, compartilhando este compromisso com seus colaboradores. Além disso reforço que reduzir emissões de CO2 também é reduzir custos operacionais, como reduzir o gasto com combustível, por exemplo.

Com o crescimento das compras online e a exigência e reconhecimento dos consumidores por produtos mais sustentáveis, a busca por alternativas Frete Neutro tem abarcado diversos setores, como:

Portais de e-commerce: com a opção do cliente ou do portal compensar as emissões de CO2 do frete de entrega. O portal eCycle com o frete neutralizado, realiza a compensação das emissões de carbono de suas entregas, além disso, todos os seus clientes recebem um certificado de neutralização de carbono personalizado, com seu nome, emissões de CO2 proporcionais a sua entrega e o nome do projeto ambiental apoiado:

ECycle

Sistema de roteirização e tracking: calcula as emissões de CO2 por tipo de veículo utilizado e sugerem a compensação de carbono para os seus clientes. O sistema de tracking da iTrack proporciona o acompanhamento em tempo real das entregas e o cálculo das emissões de CO2 de diferentes modais, dando a opção dos seus clientes compensarem estas emissões, com o apoio à projetos ambientais brasileiros certificados e auditados.

A otimização das rotas também é um grande aliado nessa redução:

Roteirizador Logístico

Indústria e empresas prestadoras de serviços: que tem calculado e compensado a Pegada de Carbono dos seus produtos, ou pelo menos as emissões de gases de efeito estufa corporativas (Escopo 1 e 2 – GHG Protocol). Na análise de ciclo de vida dos produtos a distribuição de matérias primas ou do produto final emite CO2, e este impacto pode ser mensurado e compensado. Como por exemplo a empresa de joias Steph Stein implementou diversos cuidados ambientais, não apenas em seus produtos, mas também da logística de entrega, engajamento com os seus clientes, enviando o certificado de neutralização de carbono por e-mail e comunicando no produto:

Selo CO2 Neutro na embalagem do produto Steph Stein
Selo CO2 Neutro na embalagem do produto Steph Stein.

Concluindo

Analisando-se pontualmente as entregas, como exemplificado acima, as emissões de carbono de cada entrega é relativamente baixa, podendo custar menos de R$ 0,90 – R$ 1,50.

Entretanto, se analisarmos todo o setor, esta ação de compensação ambiental tem grande poder de engajamento do cliente final e aumento das compensações de carbono.

Dessa forma, a logística deve ser avaliada não como um setor de alto impacto ambiental, mas sim como um setor que pode engajar diversas empresas e pessoas, e alavancar, disseminar e viabilizar diversas tecnologias limpas.

Fernando Beltrame é Especialista em Mudanças Climáticas e Neutralização de Carbono da Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade

Fonte:

1 – SEEG – Sistema de Estimativa de Emsisões de Gases de Efeito Estufa
2 – Best Buy, McKinstry, Real Betis, Schneider Electric e Siemens assinam The Climate Pledge; Businesswire, Set, 2020 – https://www.businesswire.com/news/home/20200924005690/pt/